Tratamentos

Constipação

Quando saudável o intestino costuma funcionar em um mesmo horário. Em algumas mulheres ele funciona em dias intercalados. Nos casos em que se passa mais dias sem defecar isso já caracteriza a constipação ou prisão de ventre.

O mal funcionamento intestinal pode ser caracterizado por fezes muito duras, muito pequenas, difíceis de serem eliminadas, ou pela sensação de esvaziamento incompleto (que ainda restaram fezes que não puderam ser evacuadas), sensação de uma obstrução no reto, necessidade de auxiliar com os dedos a saída das fezes.

O anismo é uma das causas de constipação pela incoordenação da musculatura do assoalho pélvico. É relativamente comum encontrar mulheres com esse tipo de dificuldade, ou seja, mulheres que, para evacuar, relaxam os esfíncteres anais mas deixam a musculatura contraída, dificultando ou até impossibilitando a evacuação. Conhecer e aprender a contrair e relaxar de maneira apropriada o músculo que está confuso normalmente já capaz de resolver o problema. A postura para evacuar é muito importante para que o esvaziamento intestinal seja realizado de maneira eficaz.

Tratamento

Problemas de incoordenação podem ser tratados com exercícios que estimulem a percepção e o conhecimento desses músculos. A maioria dos casos de constipação são causados por comportamento inadequado, seja a postura incorreta no vaso sanitário, inibição da vontade de evacuar (segurar por muito tempo), baixa ingesta hídrica, má alimentação entre outros.

Estar atenta para perceber e reconhecer o desejo evacuatório (vontade de evacuar) e respeitar este momento é fundamental. Conhecer a técnica correta de se sentar no vaso sanitário, de maneira relaxada e despreocupada, assim como relaxar totalmente a musculatura, requer treino e é uma prática que deve ser exercitada continuamente.

Para os casos de incoordenação do puborretal ou dos esfíncteres, a terapia manual e o biofeedback EMG fornecem resultados excelentes. Casos de baixa sensibilidade da ampola retal também podem ser regredidos através de ressensibilização com eletroterapia e/ou balão de ressensibilização. Dificuldade no trânsito intestinal pode ser estimulada instantaneamente com massagem específica pelo trajeto intestinal. Entre outras técnicas.